Páginas

27 de fev de 2011

lavrapa Triintegan A


...No meio da minha cabeça, tem uma palavra no meio que não sei como traduzir. Penso nisso toda vez que como e bebo até ficar cheio ou quando fechos os olhos cansados das luzes da tela do computador. Uma palavra que é fácil de pensar e imaginar, mas que não consigo decifrar seu significado. Isto é tão intrigante, pois sei que vivi minha vida inteira com essa palavra dentro da minha cabeça, mas nunca conheci sua verdadeira essência. O que ela significa pra mim e onde devo arquivá-la? Não sei por que continuo a encontrá-la entra tantas que uso no meu dia a dia e nem porque ainda não a apaguei pressionando shift + delete do  meu cérebro. Talvez eu a usarei em algum dia, em alguma ocasião, mas não sei como, pois não sei como verbalizá-la. Talvez saia como as línguas de “Babel” ou como árabe ao contrário. Sei que tenho uma palavra no meio da minha cabeça que não consigo traduzir, decifrar e verbalizar...

Um comentário:

  1. O mais estranho é como surgiu esse texto, pois nunca havia escrito algo parecido! rsrsrs

    ResponderExcluir