Páginas

3 de mar de 2012

Alguém Para O Agora


Alguém pra me entender
Pra estar sempre ao meu lado
Pra compartilhar sua força
Alguém pra me tirar do tédio
Alguém pra me fazer amar
Pra me fazer esquecer o resto
Pra deixar a música me tocar
Pra ir comigo a qualquer lugar
Alguém pra me fazer sorrir
Pra me falar qualquer bobagem
Alguém pra me colocar na cama
Pra me pegar e fazer gozar
Alguém que tudo comigo
Alguém que em mim mude
Alguém para o início
Alguém para o fim
Alguém para o agora

2 de mar de 2012

Fantasma


Posso sentir seu toque harmônico
Em minha previsível rima dissonante
Mas a dança sempre é a mesma
Nunca consigo ver sentido algum
O que você quer representar realmente?
Sei que queres apenas me analisar
Não existe preço para a individualidade
Eu sempre posso ver você se aproximar
Mas sei que nunca irá me alcançar
Pelo menos por enquanto...
Todo processo nem sempre é confuso
Nem sempre apenas morremos
As flores nem sempre são tão lindas
E nem sempre choramos por tristeza
Podemos ir para o lado negro
Podemos lembrar algum tempo e sorrir
Ou simplesmente mentir
Acreditar irrevogavelmente no amor
Ou sair sem rumo em busca de risadas
Mas acordar todos os dias me enlouquece
Sempre vejo você tentando fazer o certo
Construímos muros altos em volta de si
Tentando subitamente proteger o coração
Desejo que tudo o que faça tenha mais expressão
Os meus sentidos estão cada vez mais obsoletos
Estou apenas tentando salvar minhas canções
Tentar desistir da idéia de me tornar um fantasma