Páginas

8 de set de 2013

Perdido Dentro De Você


Uma falsa profecia
Uma batalha no tempo errado
E você ficou do outro lado
Presa nas cercas espinhosas
Agora não há mais tempo
Apenas tenha cuidado
Nada mais vai fazer sentido
Não irei mais iluminar sua escuridão
Eu não acredito mais em você
Seu olhar me faz ver que você não é mais a mesma
Que tudo que eu aprendi a amar
Está perdido lá no fundo, dentro de você
E isso me deixa muito triste
Eu sei que parte dessa destruição
Partiu das minhas mãos
Você está apenas confusa
Representando um resultado mal
Mas o tempo está acabando
E os sonhos estão definhando
Eu sei que a vida vai te ensinar
Vá para longe...
Não irei mais tentar protegê-la
Você conhece o melhor de mim
Mas ainda tem o meu pior
Gritando e maltratando o seu coração
você é a única que sabe o que eu sinto por você
E o que sou capaz de fazer pra ver você sorrir
Eu sei que não perdi você
Pois o que eu tive, não existe mais há tempos
Ainda lembro daquele olhar simplesmente lindo
Dos abraços que nos faziam sonhar
Dos beijos que faziam eu querer viver mais 
Agora vá...
Espero que fique bem
Que sinta o que lhe falta
Que seja libertador
Que lhe faça feliz.
Que a cada passo seu
Seja um passo meu para a felicidade
E que Sintamos AMOR.

6 de jul de 2013

Faíscas Brilhantes

Eu tenho um sonho constante
Faíscas vindas do céu entrando em mim
Bem em cima da minha cama
Minhas mãos tentam tocá-las
Enquanto as luzes derramam em mim
Eu engulo luzes brilhantes
Brancas e azuis ...
Elas me levantam
Fazem-me sentir melhor
Bem...
Todas as vezes que perdemos algo
Deveríamos sonhar com essas luzes
Enquanto dormimos,
Enquanto estamos sem voz
Luzes deveriam andar pelos nossos cabelos
E deveriam nos levar ao céu todas as noites
Luzes brancas e azuis
Eu engulo luzes em sonhos constantes
Dentro dos meus sonhos...
Alguns sonhos não deveriam acabar
Eles me fazem sentir bem
Pequenas luzes
Durante a noite
Faíscas brilhantes... 

25 de abr de 2013

Escurecer


Escurecer
Tua prata banhada
O nu do ouro deu nó
Na tapa para fechar os olhos
Mas sem dormir
Viver o que não convém
Do que é teu
Sentir a brasa molhar
O fogo do mar do coração
Sair como onda nos olhos
Para escurecer
O que brilhava em mim

18 de abr de 2013

Deixe-me




Largue suas armas
Tire sua armadura
Venha lentamente
Ainda te espero
Mesmo para amanhã
Que meus anjos te encontrem
Não há nada a temer
Sinta o que vem do alto
Encha-se do que não pode ver
Pode ser demais, mas fique de pé
Ou simplesmente caia em meus braços
Solte-se de si mesma
Agarre-se no melhor de mim
Deixe-me beijar sua alma
Apenas deixe-me voltar
Deixe-me ficar...

16 de abr de 2013

Onde a dor permanece mais forte

Minhas palavras não explicam mais
O amor um dia me disse obrigado
Mas o vento levou tudo pra longe
Uma noite fria e vazia me assombra
O mar reflete minha incurável solidão
Enquanto as folhas secas caem de mim
Ando no escuro preso em um labirinto
Escondo-me dos meus medos.
Em silêncio eu grito por você...
Quase sem voz...
Perdi minha fé e chorei mais uma vez
Deixei minhas lágrimas lavarem minha alma
E consegui dizer Adeus, deixei você sair.
Pois já não há mais paz
E o Amor, pertence apenas a um lado
Onde a dor permanece mais forte