27 de jul de 2018

Família

Por Diego Nobre Araújo

Sinto o seu cansaso
Todos os dias quando a vejo
Sinto o seu desejo
De não estar entre nós
Você é mais feliz longe
Não há nada que façamos
Que lhe agrade realmente
Nós temos culpa desse seu sentimento
Se partir lhe fazer feliz
Aceitamos a sua decisão
Parta e seja feliz
Talvez assim, nos tornemos feliz também
Eu ainda acredito que haja jeito
Que podemos mudar e reverter a situação
Mais eu acredito sozinho
E não irá acontecer se só um mudar
Vá e se um dia acreditar que podemos vencer
Estaremos aqui lhe aguardando
Todos nós, somos o problema
Mudemos juntos
E assim haverá uma reconstrução
De todo o destruído pela falta de sabedoria
Do bem apagado pelo sentimento mal
Somos capazes de vencer a si mesmo
Quando descobrimos o nosso mal
Assim começa a nossa guerra
E os vencedores, são as pessoas que nos amam.

25 de jul de 2018

- -

O vazio
O nada
Sem memória
Sem saudades
Nada marcado
O silêncio interno
A música não lhe toca
O filme não lhe faz chorar
O cheiro não lhe faz falta
Nada é parecido com ninguém
Cores
Cabelos
Olhos
Pernas
Bocas
Vazios
Todos
O nada

Guerra da Vida

Por Diego Nobre Araújo
Em: 24/7/18

Ainda há tempo de mudar
Somos seres inteligentes
E tem que começar de nós
Dos pequeninos aos grandes
Nossos filhos estão cercados
Toda a construção da normalidade
Está sendo destruída
Nossos avós estão com medo
Estamos sem direção
Sem segurança, mesmo fechados
Os seguros estão sendo mortos
A guerra está apenas começando
Não existe esconderijo
As muralhas foram quebradas
Mais já sabemos como lutar
E tudo depende do nosso começo
Vamos a guerrear com força
A luz está do nosso lado
Estamos preparados.

20 de jul de 2018

O Amor do Amor
Em 6/2018

A síntese do inesperado

Onde mesmo escondido
Ele nos encontra 
O desconhecido nos alcança
E não há marcação de defesa
O ataque é eficaz e permanente
Não há fulga visível
Temos que aceitar a invasão
Pois ele já lhe tomou
E você não é mais seu
Seu descontrole é a sua desistência clara de defesa
E você tem que aceita-lo
Para o seu bem verdadeiro 
Pois a vitória já é dele
E não há mais nada a fazer
Você conheceu o amor 
Aceite isso...
Desista da fuga vã
Da culpa de ninguém
Quando o longe é o mais perto
O acaso é o destino
E o jogo é para ser jogado
Calma!
O amor não é só seu
O amor não é meu
O amor é do amor
O amor é só do amor
O amor não é só do amor
O amor não é só, amor...!


18 de jul de 2018

Fugir de Si Mesmo

Não freie
Não olhe pra trás
Corra e fuja 
Enquanto está escondido
Ninguém sabe ainda que foi você
Eles não irão lhe perseguir
Apague o feito sumindo
O tempo irá fazer o restante
Mais não nos apague de dentro de você
Estaremos aqui lhe esperando
Um dia lhe daremos um abraço
Sabendo que você voltou
Diferente de tudo que nos mostrou ser
Acreditamos que os erros nos ensinam
Que estar longe de quem amamos
É a força para nunca mais errarmos
A vida nos da uma chance de sairmos de nós mesmos
Para voltarmos sabendo que viver ainda vale a pena
Você voltará sabendo que:
Amar a si mesmo, é a grande prova de amor pra quem nos ama.
Demore
Mais
Volte!

11 de jul de 2018

Depois de tantos erros, eu encontrei você.

Faça seu pedido
Peça sua parte 
Não pode ser só meu
Você merece também
Não dá mesma forma que eu
Pois eu lutei por mais tempo
E perdi várias vezes
Mais não deixei de acreditar
Foi muito difícil
Pensei em me apagar várias vezes
Desaparecer era uma fulga
Para não olhar dentro de mim
Estava sem mundo
Sem pessoas
Sem alguém pra se importar
Estava no vazio
E você apareceu
Trazendo-me de volta
Aos poucos, me fez acreditar
Que ainda há razão para a vida
Um único e poderoso sentimento
O amor humano verdadeiro
Lutei e encontrei em você
E você me fez sentir amado
Como nunca havia me sentido
Depois dos meus pais
Não saia de perto de mim nunca
Pois eu não suportarei.

Por Diego Nobre Araújo
7/2018

10 de jul de 2018

Faça de Coração

Por Diego Nobre Araújo
Em: 7/2018

Não sei o que você passou
O quanto doeu sem me ter perto
O quanto fez mal lembrar de mim
Tantas culpas...
Vontade de voltar e não deixar eu entrar
Pois não consegue me tirar mais
E quando tudo parou
Você veio fortemente em meus pensamentos
Todos os dias, eu me peguei pensando em nós dois
As vezes por horas 
Comecei a dormir e acordar pensando no seu sorriso
Sua risada na minha memória, me levanta
Seus cuidados comigo, eram suas provas de amor por mim
Eu não notei e deixei você partir
Eu perdi você
Só agora eu pude me ver por dentro
E sentir o que não conseguia perceber
Mais eu perdi você e não foi sua culpa
Não pedirei para você voltar 
Pois perdi minha chance
E já não sei o que poderá sentir por mim
Ficarei com o meu sentimento de culpa sozinho
Sem você e sem eu mesmo
Pois o que está em mim
Foi com você.

8 de jul de 2018

O Fim do Começo

Por Diego Nobre
Em: 8/7/18

O silêncio
Da canção 
O olhar
Da cegueira
A queda
Do deitado
O grito
Do dorminhoco
O pesadelo
Do acordado
A desistência
De quem não começou
A derrota
De quem não lutou
A saudade
De quem não conheceu
O vazio
De um lugar cheio
O escuro
Do sol
A teoria
Do inexplicável
As lágrimas
Do sorriso
O fim do começo

3 de jul de 2018

O Encontro

Por Diego Nobre Araújo
Olhar pra nada
Por tanto tempo
Sem lógica pro visto
Toda a insensatez do vazio
O desencontro pessoal
Desviar-se da rota do plano
Negar o que já havia decidido
Soltar o que já estava preso
Deixar se aproximar o que lhe faz mal
Nadar onde podemos nos afogar
Pois a água é doce e gostosa
O encontro do insuperável erro
Um lindo e extremamente eficiente desejo
Um sim, o faz ficar permanente
Onde oramos para continuarmos dizendo não
O desencontro da segurança própria 
E não para e se espalha 
Cresce a cada fechar dos olhos
Olhar para si e aceitar que perdeu
Pois foi fraco e permitiu entrar
E ele entrou.

2 de jul de 2018

Iza

Por Diego Nobre Araújo
Em: 02/07/2018

Quando você aceitou me ver
E eu cheguei perto e vi seus olhos
Pude me unir ao seu sorriso lindo
E seu queixo me encantou
Sua voz entrou e me dominou
O mundo se tornou nós dois
Por algumas horas
E eu me senti vivo de novo 
Qualquer palavra que eu disser, não conseguirá explicar
E mesmo agora distante
Você está comigo a cada segundo
Quando fecho os olhos
Você está deitada sobre mim
Minhas palavras são para lhe chamar para perto
E meus braços para lhe abraçar e não deixar você ir
Você me trouxe de volta
E me fez acreditar que o amor ainda é possível
E que bom que ele ainda existe.