Páginas

31 de ago de 2012

...

Ainda hão de vir estrelas
No meu céu tão escuro
E sons nos meus ouvidos moucos

Ainda hão de vir ventos
Para balançar seus cabelos
E lágrimas sorrindo para mim
E eu parecerei um bobo
Ainda será meu amor
E descalça na praia feliz
Chamando-me para nadar
E verás o sol de um jeito amarelo
Ainda que as nuvens tentem apagar
Serei depois um sonho teu
Que me contarás já realizado

Ainda serei o melhor de hoje
Algo que você não deixe passar
E nada de outro alguém

Amar-me vai te fazer bem

Um comentário:

  1. Super lindo!!! Que assim seja...
    Bom final de semana Poeta, beijos
    Valéria

    ResponderExcluir