Páginas

13 de set de 2014

Idílio


Auto-Retrato
Espelho
Contemplar alguém que não é você
Invadir seu interior perdido
Sentir o pesar das correntes
Ver as sombras na caverna
Refletidas pelo fogo exterior
Um coração dentro do mármore
A espera de um escultor
Que o veja de dentro para fora
Isso o manterá vivo?
O que prende dentro de si?
Frivolidades da vida social
Por quanto tempo?
Quem é você?

Há alguém dentro do espelho
Então...
Veja
Sinta
Salve
Evolua.


14 de mar de 2014

Esconda o cego perdido
Onde suas lágrimas não alcançam
Tire-o do seu caminho virtuoso
Onde suas pernas trêmulas descansam
Esqueça-o no fundo dos seus medos
Exclua-o dos seus piores pesadelos
Se puderes e fores capaz...
Apague-o das suas histórias vitoriosas
Afogue o seu olhar das suas lembranças
E nunca mencione o seu nome
E nunca sorria ao lembrar-se dele sozinha
Sufoque seu alegórico coração...
Grite “Não!”, para todos os seus “Sins”.
Seu poder não o alcança mais
Pois ele partiu

4 de fev de 2014

Por Um Tempo Necessário

Eles podem esconder seu chão
E tentar apagar o que você é
Mostrar de longe um sim misericordioso
E se você não tivesse perdido
Poderia ter mudado tudo
Mas eles não podem te esconder o céu

Estou de portas fechadas
Sinto muito!
Minhas emoções temem
Deixe-me aqui
Sai da minha mente
Não olhe nos meus olhos
Afaste-se do meu coração
Do meu coração quebrado

Eles podem dizer que é justo
Que foi tudo culpa sua
E você continua invisível e silencioso
E pensa todos os dias que se enganou
E tenta dormir querendo não sonhar
Mas acorda e lembra de tudo

Não adianta mas acreditar
Ainda não é tarde para um novo amor
Para alguém de verdade me salvar
Alguém que me mostre os limites da dor
E de uma forma verdadeira me ame
Enquanto me amo e a amo sem medo

E tudo passará...