27 de mai de 2018

Vozes da Minha Cabeça

Vozes da Minha Cabeça
Por Diego Nobre Araújo 
(Antes que me perguntem, 
Por que tão solitário?
Solitário
Esperando pra acontecer 
Esperando
Eu não sou seu
Você não é minha
Não me julgue
Não me espere 
Se não me deixa entrar 
Não exploda a minha cabeça 
Meu coração está unido a ela 
Não me arranque do meu mundo
Se no seu, eu não tenho espaço
Deixe eu descansar com as vozes da minha cabeça
"Eu não sei... Não sei de nada..."
A solidão me aquece 
Nesse frio necessário
Agarre-me sem fugir de mim
Forte, forte...
Já chega, chega...
Estou cansado e quase desistindo 
Querendo ser desligado
Da energia contemporânea
Desligado as vezes de mim mesmo.