Páginas

17 de jan de 2012

Para Eternidade!


Ainda tenho seu sorriso estampado na sala
Ainda tenho Seu cheiro imaculado em suas roupas
Ainda tenho seus brinquedos espalhados em seu quarto
Ainda vejo seus desenhos de giz de cera nas paredes
Ainda guardo seu lado preferido em nossa cama
Ainda escuto sua voz doce pela casa inteira
Minha pequena, ainda está aqui por todo lado
Dentro, eterna, perpetuada dentro de nós
Queria tocar em suas mãos pequenas mais uma vez
E olhar mais uma vez dentro dos seus olhos
Queria apenas dizer mais uma vez quanto eu amo você
Deus ajude-me a recompor a minha fé
Entender o porquê que eu terei que viver ainda aqui
 Suas mãos são pequenas eu sei, mas elas não são mais minhas
Agora elas são suas, faça-as me darem forças para continuar
Suas mãos agora são parte das mãos de Deus
Algum dia eu encontrarei com você minha pequena
E me falarás que não sentes mais medo de escuro
Pois onde estás é tão iluminado que serve para iluminar o mundo
Sentirei seu perfume misturado com os das flores do campo
Cairás em meu colo e me dirás:
_Sempre estive aqui esperando por você.
_Parti cedo... mas sempre guardei sua voz em meu coração
_Agora somos para eternidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário